Meu cotidiano.


Fire!

on 27 de março de 2017 in Meu cotidiano. No Comments »

on 10 de março de 2017 in Meu cotidiano. No Comments »

 

é muita personalidade em uma mulher só 😉

17191268_1473987482625032_2264608938926919482_n

Guia de cafés para todos os gostos!

on 27 de janeiro de 2017 in Meu cotidiano. No Comments »

tipos-de-cafe

on 23 de maio de 2016 in Meu cotidiano. No Comments »

encontros

Inexorável tempo…tudo passa, tudo se apaga…

on 6 de abril de 2016 in Meu cotidiano. No Comments »

Os Filhos Esquecerão - Just Real Moms

Não encontrei a autora do texto. Mas mesmo assim, decidi compartilhar…porque ele dá voz a todas as mães…Altamente emocionante!

“O tempo, pouco a pouco, me liberará da extenuante fadiga de ter filhos pequenos, das noites sem dormir e dos dias sem repouso. Das mãos gordinhas que não param de me agarrar, que me escalam pelas costas, que me pegam, que me buscam sem cuidados, nem vacilos. Do peso que enche meus braços e curva minhas costas. Das vezes que me chamam e não permitem atrasos nem esperas.

O tempo me devolverá a folga aos domingos e as chamadas sem interrupções, o privilégio e o medo da solidão. Acelerará, talvez, o peso da responsabilidade que as vezes me aperta o diafragma. O tempo, certamente e inexoravelmente esfriará outra vez a minha cama, que agora está aquecida de corpos pequenos e respirações rápidas. Esvaziará os olhos de meus filhos, que agora transbordam de um amor poderoso e incontrolável. Tirará de seus lábios meu nome gritado e cantado, chorado e pronunciado cem mil vezes ao dia.

Cancelará, pouco a pouco ou de repente, a confiança absoluta que nos faz um corpo único, com o mesmo cheiro, acostumados a mesclar nossos estados de ânimo, o espaço, o ar que respiramos.

Como um rio que escava seu leito, o tempo perigará a confiança que seus olhos têm em mim, como ser onipotente, capaz de parar o vento e acalmar o mar, consertar o inconsertável e curar o incurável. Deixarão de me pedir ajuda, porque já não acreditarão mais que em algum caso eu possa salvá-los. Pararão de me imitar, porque não desejarão parecer-se muito a mim. Deixarão de preferir minha companhia em comparação com os demais (e vejo, isto tem que acontecer!).

Se esfumaçarão as paixões, as birras e os ciúmes, o amor e o medo. Se apagarão os ecos das risadas e das canções, as sonecas e os “era uma vez… Com o passar do tempo, meus filhos descobrirão que tenho muitos defeitos e se eu tiver sorte, me perdoarão por alguns deles.

Eles esquecerão, mas ainda assim eu não esquecerei. As cosquinhas e os “corre-corre”, os beijos nos olhos e os choros que de repente param com um abraço, as viagens e as brincadeiras, as caminhadas e a febre alta, as festas, as papinhas, as carícias enquanto adormecíamos lentamente.

Meus filhos esquecerão que os amamentei, que os balancei durante horas, que os levei nos braços e ás vezes pelas mãos. Que dei de comer e consolei, que os levantei depois de cem caídas.Esquecerão que dormiram sobre meu peito de dia e de noite, que houve um dia que me necessitaram tanto, como o ar que respiram.

Esquecerão, porque é assim mesmo, porque isto é o que o tempo escolhe. E eu, eu terei que aprender a lembrar de tudo para eles, com ternura e sem arrependimentos, incondicionalmente. E que o tempo, astuto e indiferente, seja amável com estes pais que não querem esquecer.”

(Autor desconhecido)

 

 

 

é…

on 22 de março de 2016 in Meu cotidiano. No Comments »

caio_fernando_abreu_porque_a_vida_segue_mas_o_que_foi_b_14p8nr

Contra a corrupção!

on 17 de março de 2016 in Meu cotidiano. No Comments »

Evitei ao máximo, mas diante de injustiças eu nunca estarei em cima do muro!

Um amigo postou um vídeo de dois caras com camiseta vermelha, sendo agredidos por um bando…

Ora, será que se uma criança ou um idoso sair na rua hoje com uma peça de roupa vermelha. Ignorando completamente essa bobagem de COR de roupa…também será agredido?

Esse ódio todo que está dividindo os brasileiros, é desnecessário. Unidos contra a CORRUPÇÃO, seríamos maiores! Evitaria, inclusive, oportunismos políticos e midiáticos!

Por enquanto vivemos num país livre! Cada um com suas convicções! respeitemos isso!

Isso é democracia, gente!

é o que sempre digo!

on 29 de fevereiro de 2016 in Meu cotidiano. No Comments »

coffee

Hemingway

on 13 de janeiro de 2016 in Meu cotidiano. No Comments »

Como diria meu caro, Hemingway: “A única coisa capaz de estragar um belo dia de primavera, eram pessoas. Pessoas são sempre limitadoras da felicidade. Mas se se pudesse evitar encontros, o dia não tinha limites, exceto, é claro, aquelas que eram tão boas, quanto a própria primavera”.

Bem, faço minhas, as palavras dele!

Dos pequenos prazeres!

on 15 de dezembro de 2015 in Meu cotidiano. No Comments »

chuva