Entre o sono e o sonho,

Entre mim e o que em mim

É o quem eu me suponho,

Corre um rio sem fim.

Passou por outras margens,

Diversas mais além,

Naquelas várias viagens

Que todo o rio tem.

Chegou onde hoje habito

A casa que hoje sou.

Passa, se eu me medito;

Se desperto, passou.

E quem me sinto e morre

No que me liga a mim

Dorme onde o rio corre —

Esse rio sem fim.

11-9-1933

Poesias. Fernando Pessoa

Mestre Drummond

por , 28 de julho de 2017 em Entrechos. | Nenhum Comentário »

https://www.youtube.com/watch?v=JzIGlS51A-M

“Essa ferida, meu bem, às vezes não sara nunca; às vezes sara amanhã.”

Como não amar esse vídeo, gente? 

 

Cantiga de amor sem eira
nem beira,
vira o mundo de cabeça
para baixo,
suspende a saia das mulheres,
tira os óculos dos homens,
o amor, seja como for,
é o amor.

Meu bem, não chores,
hoje tem filme de Carlito.

O amor bate na porta
o amor bate na aorta,
fui abrir e me constipei.
Cardíaco e melancólico,
o amor ronca na horta
entre pés de laranjeira
entre uvas meio verdes
e desejos já maduros.

Entre uvas meio verdes,
meu amor, não te atormentes.
Certos ácidos adoçam
a boca murcha dos velhos
e quando os dentes não mordem
e quando os braços não prendem
o amor faz uma cócega
o amor desenha uma curva
propõe uma geometria.

Amor é bicho instruído.

Olha: o amor pulou o muro
o amor subiu na árvore
em tempo de se estrepar.
Pronto, o amor se estrepou.
Daqui estou vendo o sangue
que corre do corpo andrógino.
Essa ferida, meu bem,
às vezes não sara nunca
às vezes sara amanhã.

Daqui estou vendo o amor
irritado, desapontado,
mas também vejo outras coisas:
vejo beijos que se beijam
ouço mãos que se conversam
e que viajam sem mapa.
Vejo muitas outras coisas
que não ouso compreender…

 

 

por , 31 de março de 2017 em Entrechos. | Nenhum Comentário »

É preciso chuva para florir…é preciso ter o caos dentro de si, para a dar à luz a uma estrela brilhante!

 

e preciso chuva para florir

Fire!

por , 27 de março de 2017 em Meu cotidiano. | Nenhum Comentário »

por , 23 de março de 2017 em Entrechos. | Nenhum Comentário »

Mas talvez você não entenda
Essa coisa de fazer o mundo acreditar
Que meu amor não será passageiro
Te amarei de janeiro a janeiro
Até o mundo acabar

Até o mundo acabar…

girl

por , 14 de março de 2017 em Achados e Garimpos! | Nenhum Comentário »

“Há uma diferença real entre pessoas elegantes/com estilo e pessoas que querem aparecer – e esse é o dilema atual”.

Suzy Menkes é uma das mais respeitadas críticas de moda da atualidade.

por , 10 de março de 2017 em Meu cotidiano. | Nenhum Comentário »

 

é muita personalidade em uma mulher só 😉

17191268_1473987482625032_2264608938926919482_n

Amor maior.

por , 17 de fevereiro de 2017 em Entrechos. | Nenhum Comentário »

Eu quero ficar só
Mas comigo só eu não consigo…
Eu quero ficar junto
Mas sozinho só não é possível

É preciso amar direito
Um amor de qualquer jeito
Ser amor a qualquer hora
Ser amor de corpo inteiro
Amor de dentro pra fora
Amor que eu desconheço

Quero um amor maior
Um amor maior que eu…

Então seguirei meu coração até o fim
Pra saber se é amor
Magoarei mesmo assim
Mesmo sem querer
Pra saber se é amor
Eu estarei mais feliz
Mesmo morrendo de dor,
Pra saber se é amor
Se é amor

Quero um amor maior,
Um amor maior que eu…

tipos-de-cafe

por , 18 de janeiro de 2017 em Entrechos. | Nenhum Comentário »

rubm alves